18 maio 2017

não sei se isto é a conspiração ou apenas a teoria da dita cuja mas: socorro! tirem-nos deste filme!

Umas das primeiras notícias que li esta manhã veio da WikiLeaks:


Pouco depois li que Robert Mueller, antigo director do FBI, vai conduzir uma investigação independente sobre as eventuais ligações entre a Rússia e pessoas da campanha do Trump.

Mas o que é isto? Mal o Mueller é nomeado aparece logo na WikiLeaks algo que o compromete? E porque é que o FBI se lembraria de levar urânio enriquecido à Rússia? Por este andar, um dia destes ainda vai introduzir secretamente um chador no Irão...

Tentei recolher mais informação sobre esse transporte de urânio enriquecido, e deparei com uma notícia do TAZ, de Setembro do ano passado, afirmando que num relatório confidencial do governo alemão se acusa a WikiLeaks de se ter deixado manipular pelos serviços secretos russos para fazer campanhas de desinformação em países ocidentais. Os serviços secretos preparam material de forma a parecerem documentos oficiais americanos, e enviam sob anonimato à plataforma. Esta publica os documentos que melhor servem as suas próprias escolhas políticas. Tão simples que até dói.



2 comentários:

Rita I Carreira disse...

Sim. É por isso que a Wikileaks nunca publica nada que dê para destronar o Putin; mas faz tudo para atacar a credibilidade das instituições democráticas americanas. O que li há uns meses é que são estas técnicas de desinformação que são usadas pelos Serviços Secretos russos dentro da Rússia para deitar abaixo os inimigos políticos de Putin.

Reflexos Espelhando Espalhando Amig disse...

Belas imagens!
Gosto muito daqui de seu espaço e
aguardo a honra de sua visita no Espelhando.
Bjins
Catiaho Alc.